quinta-feira, 22 de julho de 2010

Reeducação Alimentar sem mistérios

Se você quer emagrecer e mudar os seus hábitos alimentares, vamos aproveitar a época de renovações e cuidar um pouquinho da saúde.

É tempo de pensar no seu corpo e o que você faz de certo ou errado para o seu organismo. Ou seja, você está cuidando bem de si mesma? Está procurando ter opções saudáveis? É importante pensar sobre o assunto e analisar o quanto estamos valorizando a nós mesmos.

Mudar hábitos não é fácil. É uma tarefa que requer esforço e disciplina, mas é possível. Quando o objetivo maior é a saúde, a prevenção de doenças e o melhor aproveitamento do organismo, o esforço vale a pena. Então, vamos mudar nossos hábitos já.

O que fazer:

uma alimentação balanceada, incluindo frutas, verduras, legumes, leite, cereais, etc...

O que não fazer:

Eliminei 900gr


Ai gente, tô feliz!
Eliminei 900 graminhas, mas estou feliz, pois ainda estou começando a R.A, por conta própria, não estou caminhando ainda, fui no rodízio de pizza na segunda feira (fui me despedir gente!), e mesmo assim, exatamente após 1 semana, consegui emagrecer quase 1 kg, pra mim já é um sucesso!
Essa semana, no vigilantes do peso, a orientadora falou que o ideal é perder 500 gr por semana, então estou bem, devagar, o resultado é mais duradouro.
Ainda não comecei pra valer a R.A, mas na próxima semana, terei que ser mais determinada, pois irei começar pra valer o programa no V.P. (vigilantes do peso), essa semana só fui ver como é o programa, e gostei, se Deus quiser vou conseguir e não precisarei fazer cirurgia, torçam por mim meninas! O resultado tá ótimo para este meu "período de adaptação", rs

Bjus!

terça-feira, 20 de julho de 2010

Já escolheu a sua dieta?

Achei as informações abaixo muito importantes e vou compartilhar com vocês...

O que são dietas? Qual a dieta ideal?

A expressão dietas provavelmente trás à mente refeições de alface e queijo cottage. Por definição, dieta refere-se a o que uma pessoa come ou bebe durante o curso do dia. Dietas que, para promover a perda de peso, limitam as porções a um tamanho muito pequeno, ou excluem completamente alguns alimentos, podem não ser eficientes a longo prazo. Mais exatamente, você estará mais propenso a sentir falta de algumas comidas e achar esse tipo de dieta difícil de seguir por muito tempo. Por outro lado, geralmente é útil mudar gradualmente os tipos e quantidades de alimentos que você ingere e manter essas mudanças para o resto da sua vida. A dieta ideal é aquela que leva em conta seus gostos e inclui uma ampla variedade de alimentos com calorias e nutrientes suficientes para uma boa saúde.

O quanto e o quê você come desempenha um papel principal em o quanto você pesa. Então, quando estive planejando sua dieta, deve considerar: Que nível de calorias é apropriado? A dieta que você está considerando é balanceada nutricionalmente? A dieta será prática e fácil de ser seguida? Você será capaz de manter o plano de alimentação pelo resto da vida?

Tipos de dietas

Dieta de menu fixo. Uma dieta de menu fixo dá uma lista de todos os alimentos que você irá comer. Esse tipo de dieta pode ser fácil de ser seguida já que os alimentos são escolhidos para você. Porém, você terá muito poucas opções de alimentos diferentes, o que pode tornar a dieta enfadonha e difícil de seguir se estiver fora de casa. Adicionalmente, dietas de menu fixo não ensinam as habilidades para seleção de alimentos, as quais são necessárias para não recuperar o peso perdido. Se você começar com uma dieta de menu fixo, deve eventualmente trocar para um plano que o ajuda a aprender a fazer sozinho as escolhas das refeições, como uma dieta do modelo de trocas.

Dieta modelo de trocas. Uma dieta modelo de trocas é uma plano de refeições com um número determinado de porções de cada um dos vários grupos de alimentos. Dentro de cada grupo, os alimentos têm a quantidade de calorias equivalentes e podem ser trocados à sua escolha. Por exemplo, a categoria "amido" poderia incluir uma fatia de pão ou 1/2 xícara de aveia; equivalentes em nutrientes e quantidade calorias. Como os planos da dieta de modelo de trocas, você tem mais variedade no seu dia-a-dia e pode seguí-la facilmente longe de casa. A vantagem principal da dieta modelo de trocas é que ela o ensina a selecionar os alimentos, o que é necessário para não recuperar o peso perdido.

Dieta de refeição pré-embaladas. Essas dietas requerem que você compre refeições pré-embaladas. Essas refeições podem ajudá-lo a aprender o tamanho apropriado das porções. Porém, elas podem ser caras. Antes de começar esse tipo de programa, veja se você terá que comprar essas refeições e quanto elas custam. Você também deveria verificar se o programa o ensinará como selecionar e preparar a comida, habilidades que você precisará para manter a perda de peso.

Dieta líquida. As dietas líquidas são planos de perda de peso que substituem uma ou mais refeições com uma fórmula líquida. A maioria das dietas de fórmula líquida são balanceadas e contêm uma mistura de proteína, carboidrato e geralmente uma pequena quantidade de sal. Essas dietas geralmente são vendidas como líquido ou em pó para ser misturado com líquidos. Embora as dietas de fórmulas líquidas sejam fáceis de usar, e promovam perda de peso a curto prazo, a maioria das pessoas recupera o peso perdido assim que param de utilizar a fórmula. Adicionalmente, dietas líquidas não o ensinam a fazer escolhas para uma alimentação saudável, uma habilidade necessária para não recuperar o peso perdido.

Dietas questionáveis. Você deve evitar qualquer dieta que sugira que coma um específico nutriente, alimento ou combinação de alimentos para proporcionar perda de peso fácil. Algumas dessas dietas podem funcionar a curto prazo porque têm poucas calorias. Porém, elas geralmente não são balanceadas e podem causar deficiência de nutrientes. Além disso, elas não ensinam hábitos de alimentação que são importantes para o controle de peso a longo prazo.

Dietas flexíveis. Alguns programas ou livros sugerem monitorar somente a gordura, apenas as calorias (como a dieta dos pontos), ou uma combinação dos dois, com o indivíduo fazendo a escolha tanto do tipo quanto da quantidade de alimentos ingeridos. Esse método flexível funciona bem para a maioria das pessoas, e as ensina como controlar o que comem. O lado ruim das dietas flexíveis é que algumas não consideram a dieta totalmente. Por exemplo, programas que monitoram gordura geralmente permitem que as pessoas ingiram calorias em excesso de açúcares, e dessa forma não levam à perda de peso.

É importante escolher um plano de alimentação que você possa seguir pela sua vida. O plano deve também lhe ensinar como selecionar e preparar alimentos saudáveis, e como manter o peso alcançado. Lembre-se que muitas pessoas tendem a recuperar o peso perdido. Comer uma dieta saudável e nutritiva para manter o novo peso, combinado com atividade física regular, o ajuda a evitar a recuperação do peso perdido.

VIGILANTES DO PESO

Hoje eu vou lá na reunião do vigilantes do peso, vou me informar sobre o programa e ver se consigo participar, estou muito confiante, ainda não comecei a R.a. como deveria, mas algumas pequenas mudanças já estão fazendo diferença, talvez já tenha perdido 1 kilinho, rs mas como comecei na quinta feira, vou esperar mais, pelo menos completar uma semana né?

Continuem torcendo por mim meninas, e eu estou torcendo por vocês...somos guerreiras e vamos ganha a batalha!

domingo, 18 de julho de 2010

Vídeo muito interessante sobre vida saudável

Nas minhas andanças por este mundo virtual, achei um vídeo muito interessante, sobre a importância de manter um estilo de vida saudável...está em inglês, mas dá para entender bem a mensagem!

Está aí o link:

http://www.thevisualmd.com/health_centers/cardiovascular_health/cardiovascular_continuum

Copiem e colem no navegador, espero que dê certo!